Os Quatro Elementos

Elemento Terra

Toda fertilidade vem da terra.

Ela é símbolo de abundância e trabalho desinteressado, esforço dedicado e vontade sustentada até que as ações geradas por consciência, compreensão e amor se manifestem no mundo exterior. Geradora da abundância, das boas colheitas e seus frutos, ela é a morada Elemental dos gnomos, que são trabalhadores por natureza e por excelência.

Elemento Agua 

A água é o paraíso Elemental das ondinhas e nereidas que trabalham em nossos sentimentos mais profundos.

A água está intimamente ligada às nossas emoções, como humildade, flexibilidade, aceitação, adaptação e perdão.

Símbolo da abundância e da fertilidade, a água é flexível, maleável, se adapta a qualquer ambiente e a qualquer circunstância.

Ela buscando sempre o nível mais baixo para se acomodar, mas nunca se anula e nem perde a sua expressão e sua natureza íntima de gerar a vida em abundância.

Elemento Ar

O ar é o paraíso Elemental dos silfos e sílfides, seres que por natureza são extremamente inteligentes, leves e ligados ao mundo mental.

 

Nossos pensamentos estão intimamente conectados ao ar, ao movimento, à sutileza, à comunicação e à intuição. Quando pensamos em algo ou alguém, criamos movimento vibracional, e essa intenção faz vibrar o éter.

 

Não há separação entre o mundo de nossos sentimentos ou pensamentos e o mundo externo. Tudo faz parte da suprema consciência que conecta tudo e todos.

Entende?

Os Elementais do ar são os portadores das mensagens e pensamentos

aos homens dignos.

Elemento Fogo

  O elemento fogo é o paraíso Elemental das salamandras.

 Ele é explosão, instinto, calor, vigor, vitalidade e força.

As pessoas que possuem muito esse elemento em sua alma normalmente têm a tendência, se isso não for trabalhado, de ser impacientes, nervosos, intolerantes, irados, coléricos, explosivos.

 

A Árvore da vida e o ser Humano 

Comparemos o ser humano com uma árvore e seus frutos.

O que faria um fazendeiro com uma árvore que não dá bons frutos? Certamente, ele a ceifaria e a cortaria para que em seu lugar possa plantar novas árvores que possam dar bons frutos.

Assim devemos fazer com toda árvore interna e psicológica que não dá bons frutos.

Devemos ceifá-la por meio da compreensão e da auto-observação para, dessa maneira, abrirmos espaço interno para cultivarmos as boas sementes, representadas aqui por nossos pensamentos e sentimentos.

Como em toda árvore, o ser humano traz em si aspectos muito importantes.

IFC - Instituto Frequências de Cura -

Iniciação aos quatro elementos e à psicologia humana 70 Suas raízes representam o elemento terra, por onde ele absorve todo o alimento e os minerais necessários para o sustento de sua existência neste plano material.

Suas folhas representam o elemento água, por onde a seiva da vida sobe e nutre toda a árvore que é o ser humano.

Suas flores representam o elemento ar, que expressa leveza, beleza e sutileza ao carregar o aroma da vida.

Seus frutos e sementes representam o elemento fogo, que ao mesmo tempo que nos nutrem, trazendo vigor e vitalidade, fornecem as sementes de seu espírito germinativo, o que permite à vida continuar a se manifestar.

Fonte: IFC - Instituto Frequências de Cura

 

©2018 Marli Barbosa.